domingo, 6 de fevereiro de 2011

Defendendo FHC


Quem está ativo nas redes sociais escrevendo sobre política sabe que petistas têm muito medo da palavra FHC. É falar nele e se assanham todos. Essa reação raivosa é prova de que o PSDB precisa mostrá-lo mais. Guardo convicção de que enquanto o PSDB não estabelecer as verdades sobre FHC, não voltará ao poder federal. Petistas sabem disso, por isso tentam intimidar quem reconhece os feitos de seu governo. Querem que deixemos FHC na gaveta.


Tomara que o programa desta semana seja um indicativo de que o PSDB não está mais disposto a se deixar intimidar pela gritaria petista. E é necessário defender FHC e seu legado AGORA. Por todos os dias, lugares e meios. Se isso for deixado para o período eleitoral novamente, colheremos novos fracassos.


Por mim, o programa desta semana seria todo de FHC. E o do próximo semestre também. E haveria só FHC em todas as pequenas inserções a que o PSDB tiver direito. É preciso ter em mente que agora não é mais suficiente apenas falar em FHC ou incluí-lo nos programas. É preciso dizer em voz alta, capslockar: #ORGULHOFHC!


Mais: só o PSDB não percebeu que defender FHC é dar musculatura ao partido, formar militância, reconquistar suas bases. PASSAR A TER BASES. Porque, se ao falar em FHC a petralhada sai desesperada da toca, por outro lado, em muito maior proporção se manifestam aqueles que o admiram.


Há quem tema que uma exposição de FHC possa ofuscar as novas lideranças. Neste momento de indefinição, ao contrário, acredito que é uma forma de minimizar as disputas internas, de neutralizá-las. E principalmente de recuperar a herança deixada pelo ex-presidente. Fazer com que as pessoas deixem de vê-la sob o prisma petista, que quer marcá-la como maldita, para que seja vista como o que é: uma herança bendita, sem a qual Lula não teria metade da popularidade que tem. Sobretudo porque se o Brasil tivesse sido deixado sob responsabilidade do PT, não haveria o Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal, as privatizações. Nem mesmo a Constituição atual. Não teríamos nem derrotado a ditadura, pois o PT não apoiou Tancredo. O PT foi contra tudo o que fez o Brasil avançar nos últimos 30 anos.


Porque não tem interesse em novas candidaturas, FHC não volta para ofuscar ninguém. Volta para recuperar a verdade sobre seu legado e depositar sua herança bendita em benefício dos quadros do partido. Sem a herança bendita de FHC, o PSDB é apenas um grupo de excelentes gestores e técnicos e péssimos políticos, vistos como herdeiros de uma herança maldita.


O PSDB precisa defender FHC e colocá-lo em evidência para merecer os créditos de seu governo. Do contrário, eles continuarão a ser tragados por Lula e a população permanecerá sem motivos para tirar o PT e colocar o PSDB no poder.

4 comentários:

Leonardo disse...

Belíssimo texto Dani.
Coloque link para twitter e facebook no seu blog, fica mais fácil de compartilhar.

Ricardo Frota disse...

Dani, concordo 1000% com seu texto. FHC foi extremamente importante para a tentativa de sanear o Estado e coloca-lo em condições de crescer! O PT de Lula fez algazarra com o legado de FHC e se apoderou como hienas famintas dos feitos de FHC! FHC FOREVER!

Augusto Ferreira disse...

A volta de FHC: só falta combinar com a população.
Quanto ao programa da semana passada, começo mal plagiando propaganda de operadora de celular.

Anônimo disse...

ALÕ POVÃO PALHAÇO DEÇEPAIS!!!!!!


Dá pra ter esperanças num país com população tão ignorante e rasteira?


O grande parlamentar brasileiro TIRIRICA foi diplomado em 17/12/2010


Salário: R$ 26.700,00
Ajuda Custo: R$ 35.053,00
Auxilio Moradia: R$ 3000,00
Auxilio Gabinete: R$ 60.000,00
Despesa Médica pessoal e familiar: ILIMITADA E
INTERNACIONAL (livre escolha de médicos e clinicas).
Telefone Celular: R$ ILIMITADO.
Ainda como bônus anual: R$ (+ 2 salários = 53.400,00)
Passagens e estadia: primeira classe ou executiva sempre
Reuniões no exterior: dois congressos ou equivalente todo ano.

Aposentadoria: total depois de oito anos e com pagamento integral.
Fonte de custeio: SEU BOLSO!!!!!!
Dá para chama-LO de palhaço?
Pense, quem é o palhaço???
Ele ou quem votou nele???