quarta-feira, 17 de junho de 2009

Adolescência

Deveríamos descriminalizar a maconha, pois tratar o usuário como criminoso é um erro, disse hoje Carlos Minc, ministro do Meio Ambiente.

O diálogo, e não a imposição, é a melhor forma de fazer com que os direitos humanos sejam respeitados no mundo, disseram ontem Marco Aurélio Garcia e Lula.

Só o amor, e não negativas, limites, castigos e algumas palmadas corretivas, é o que verdadeiramente educa filhos rebeldes e chiliquentos, dizem há muito os pais omissos dos delinqüentes de hoje e de amanhã.

Aos 14 anos eu assinaria embaixo.

13 comentários:

Raphael R Barbosa disse...

Profundo! A frase final resume tudo, caindo "com a maciez de um bloco de concreto" e acordando os omissos.

Aos 14 anos, talvez eu assinasse ambaixo. Hoje, jamais!

Pena que é essa filosofia rasteira que é seguida pelos pais omissos (a maioria dos pais?) e pelos governantes.

Um pouco de rigor sempre é bom pra colocar as coisas nos eixos.

(Seu texto é curto mas faz pensar. É curto e profundo, duas características que não se excluem, só não costumam andar juntas)

Sandra disse...

Oi Dani,
muito oportuna a observação que você fez, apesar de ter tido 14 anos, talvez nem nessa idade assinaria embaixo, pois naquela época o usuário era preso, apanhava muito e era excluído da sociedade como marginal, e acho sinceramente que deveria ter continuado assim, e o governo em vez de torturar os usuários investisse numa campanha contra as drogas, e clínicas de recuperação para viciados, acho que assim teríamos uma diminuição do tráfico e usuários e também para quem necessitasse uma ajuda profissional.
Tenho dois filhos adolescentes gêmeos e passo por esse problema, um nós conseguimos conscientizar, mas o outro está ainda dando um pouco de trabalho, porque é muito difícil com essa propaganda toda a favor da maconha fazer com que pensem ao contrário, é muita apologia a isso, principalmente frases, fotos e músicas de Bob Marley, poxa será que eles não perceem que o cara morreu muito jovem por causa de tanta droga? Será que eles não enxergam que isso não é futuro para ninguém?
Desculpe o desabafo, mas até na escola está difícil de controlar, conversei com a diretora, com o servente e professores, se eles chamam a polícia, ela não pode fazer nada porque não pode prender usuários, e a molecada toda usando e traficando dentro da escola e "as autoridades" vêem tudo, sofrem com a situação e não podem fazer nada, principalmente pelo estatuto da criança e adolescente.
Por conta disso não existe mais respeito aos professores, ordem na classe e muito menos aprendizado, por isso também a educação no país é tão deficiente, existem profissionais com vontade de ensinar e construtir jovens responsáveis, mas hoje é quase impossível, por mais educação vinda de casa, valores ensinados, o "mundo" e o apoio do governo atrai os jovens para o errado, e isso hoje é maioria e a minoria são os responsáveis, "os caretas".

Raphael R Barbosa disse...

Lendo o comentário da Sandra, lembrei de um história pessoal.

Por volta de 1999, trabalhei na Secretaria Estadual de Educação do Piauí e tive contato com muitos diretores de escolas públicas. Não sei a quantidade certa, mas pelas anotações que revi, daquela época, visitei mais de 80 escolas públicas na capital e no interior.

TODOS os diretores, sem exceção, pediam obras para dificultar o consumo de maconha na escola. Muros altos, grades que isolassem alunos de idades diferentes no intervalo, iluminação melhor, etc.

Comentavam que alunos costumavam comparecer às aulas sob efeito da droga.

E de então até hoje só deve ter piorado pois não há exemplo de cima, não se propaga a idéia de estudar e não fumar maconha pra vencer na vida. Ao contrário, o presidente se orgulha de nunca ter lido um livro e o ministro vai numa caminhada da turma do fumacê.

Bob disse...

Nossa... qnt moralismo!!!
Antes de falarem da maconha, falem do alcool!!!! Essa sim é uma droga que mata! Posso descrever infinitos exemplos do mal q ela causa, como por exemplo o acidente do deputado, ou brigas de casal no qual o pai espanca a mulher e os filhos pq esta bebedo...e isso ninguem fala nada, TODO mundo acha normal. Agora, me diga um exemplo de algume q matou, bateu ou cometeu algum crime por estar "chapado"!?!?! Pois é... Dizer q Bob marley morreu pq fumou mta maconha??? Foi a maior besteira q já ouvi falar sobre ele. Acho q a Sandra poderia se informar melhor antes de opinar...Leia as letras das musica de do Bob Marley, e veja no q ele acreditava e pregava. Ela só falava de amor e paz no mundo, coisa q não vemos nenhuma cantor mais fazer isso...hj temos um BONO q é um artista comercial, vendido, só faz pose de humanitário. Mas se vc tem pregruiça de ler sobre ele, tenho uma sugestão, veja o filme EU SOU A LENDA, com Will Smith e preste atençao no quel ele fala sobre o Bob Marley!
O governo e a sociedade tinha q se preocupar com as drogas pesadas (cocaina, crack, sintéticos...) essas sim acabam com a vida das pessoas e com a familias. Olha, e mto ao contrario do q dizem, eu fumo maconha, estudo e trabalho...conheço inumeras pessoas q fazem o mesmo e levam uma vida como todos os outros, honetamente...conehço mtos advogados, engenheiros, médicos e tantos outros q são excelente em suas profissões e tb fumam maconha...
Repito, crack e cocaina...esses são os males da sociedade.

Obs.: Achei a cena do filme q falei a cima no youtube...vale a pena conferir http://www.youtube.com/watch?v=qXyIU8pkRj0&feature=related

Bob disse...

Sobre Bob Marley:
Robert Nesta Marley, mais conhecido como Bob Marley foi um cantor, guitarrista e compositor jamaicano, o mais conhecido músico de reggae de todos os tempos, famoso por popularizar o gênero. Grande parte do seu trabalho lidava com os problemas dos pobres e oprimidos. Ele foi chamado de "Charles Wesley dos rastafáris" pela maneira com que divulgava a religião através de suas músicas.
Bob Marley era adepto da religião rastafári. Ele foi influenciado por sua esposa Rita, e passou a receber os ensinamentos de Mortimer Planno. Ele servia de fato como um missionário rasta. Em suas canções Marley pregava irmandade e paz para toda a humanidade. Marley era um grande defensor da maconha, usada por ele no sentido da comunhão, apesar de que seu uso não é consenso entre os rastafáris. Na capa de Catch a Fire inclusive ele é visto fumando um cigarro de maconha, e o uso espiritual da cannabis é mencionado em muitas de suas músicas. Em julho de 1977 Marley descobriu uma ferida no dedão de seu pé direito; foi então que o diagnóstico foi feito. Marley na verdade sofria de uma espécie de câncer de pele, chamado melanoma maligno. Os médicos o aconselharam a ter o dedo amputado, mas para os seguidores dessa religião/filosofia, não se deve cortar, aparar ou amputar qualquer parte do corpo. Marley então passou por uma cirurgia para tentar extirpar as células cancerígenas. O câncer espalhou-se para seu cérebro, pulmão e estômago.Um mês antes de sua morte, Bob Marley foi premiado com a Ordem ao Mérito Jamaicana.Seu funeral na Jamaica foi uma cerimônia digna de chefes de estado.

Alguns videos interessantes:
- http://www.youtube.com/watch?v=dLWReQ84YHM
- http://www.youtube.com/watch?v=_EzBEvHWGN8&feature=related

Bob disse...

Pra finalizar...

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu hoje a descriminalização da posse de maconha para uso pessoal na abertura da 3ª Reunião da Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia. A proposta está na declaração da comissão, que será levada à Organização das Nações Unidas.

"Nosso objetivo é abrir o debate para acabar com o tabu. Essa história de guerra contra as drogas não resolve. É preciso ter outras ações que levem à redução da demanda", disse FHC. O tema será discutido pela comissão com governantes do continente. "A posição do governo brasileiro, que eu saiba, não é contrária", disse o ex-presidente


Fonte: Agência Estado



Agora fica pra cada um pensar...e tirar suas conclusões...

rodrigot disse...

a pessoa vai envelhecendo e se tornando fascistinha, neh?

Sandra disse...

Para o Bob,
Talvez isso explique a morte de Bob Marley
http://blogboasaude.zip.net/arch2009-06-14_2009-06-20.html#2009_06-18_12_32_57-119648571-0
Não é esse futuro que sonhei para os meus filhos e nem foi isso o que ensinei para eles, quanto à música, eu ouço muita música que fala de amor ao próximo, amor à família, amor a Deus, não preciso ouvir lixo para para buscar a paz, agora se vc quer se matar e gosta de porcaria isso é com você, não vou entrar neste mérito, a vida é sua e faça dela o que quiser, mas exijo respeito à minha opinião e ao meu modo de pensar, já te dei muita satisfação, agora chega, e outra coisa não tenho preguiça de ler, é que só leio o que me interessa, não perco meu tempo com biografias inúteis.

Anônimo disse...

Mas o uso já não é descriminalizado?
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11343.htm

Bob disse...

Sandra,
Respeito sua opinião...apenas fico idignado com quem fala o que não sabe. E desculpa, mas seu comentário foi algo de alguem q não sabe do assunto...mas ok, se vc pensa assim sobre Bob Marley sem saber ao certo quem ele foi e o que ele queria passar para a sociedade, é um direito seu. Não irei continuar um dialogo com vc, pois depois das coisas q li no seu comentario como "OUVIR LIXO", "QUER SE MATAR" e "SÓ LEIO O Q ME INTERESSA" acho q não vale a pena...Vc parece conhecer apenas um lado da historia, então, fica dificil deselvolver algo construtivo. Mas PARA MIM, são pessoas q pensam assim q atacam o q menos faz mal a sociedade (maconha, q é uma ERVA NATURAL) e esquece e julgar o q realmente faz mal (alcool). Por conhecer seus efeitos, não tenha duvidas q prefiro meu filho fumando um baseado do que enchendo a cara de bebida, como fazem 99% dos adolescentes quem saem na balada no final de semana e q acabam cometendo acidentes, como o deputado a 190KM/H que matou 2 ou qualquer outro crime q deve estar ocorrendo na cidade nesse exato momento causado pelo alcool. ë só ler os jornais na segunda feira o retrospecto de como foi o final de semana e ver o motivo das mortes...mais de 90% é por causa do alcool.

Sem mais...
Abraços.

Sandra disse...

Bob,
Se vc leu o link que eu mandei, a maconha não é só uma erva natural, mas ela contém 400 compostos que provocam o câncer e além do mais ela modifica o DNA da pessoa, será q isso é natural? Lá está escrito q se vc fuma 3 ou 4 cigarros de maconha por dia equivale a 20 cigarros legais. Sou contra uso de cigarros também, me livrei disso já tem 20 anos e experimentei e sei dos benefícios de não usar mais. Nem todas as ervas são benéficas, muitas são prejudiciais como no caso a maconha, sou contra qualquer tipo de droga, o álcool é detestável, que além de modificar o humor, provoca mudanças de personalidade e faz com que pessoas cometam loucuras, concordo plenamente com vc, mas assim como a maconha que parece inofensiva, além dos danos físicos, também provoca violências, no que se refere aos traficantes que não têm nenhum pudor em relação aos usuários, matam sem problema, roubam e sequestram, tudo em nome do ponto de venda e dívidas a serem acertadas. E também acho que usuários de drogas seja ela qual for usá-las dentro da escola, um absurdo porque além de prejudicar o aprendizado do usuário, faz com que outros jovens e até crianças comecem a usar, talvez por curiosidade ou para não ficar por "fora". Quanto ao Bob Marley eu não gosto mesmo, e detesto reaggae, acho uma música muito chata (gosto pessoal) gosto mais de Rick Wakeman ou Peter Frampton. São excelentes instrumentistas na minha opinião. Sem mais.

rodrigot disse...

"agora se vc quer se matar e gosta de porcaria isso é com você, (...), a vida é sua e faça dela o que quiser"

se vc realmente pensasse assim nao teríamos essa discussão e na postagem original vc não estimularia criminalização, penas severas e imposição do estado sobre as liberdades do indivíduo?

Sandra disse...

Rodrigo,

Mesmo com o governo dando em cima e prendendo os usuários naquela época (há uns 30 anos atrás), eles como viciados continuavam a usar drogas, como sempre neste país dá-se um jeito, mas o consumo era muuuiiiitttoooo menor. Se vc estivesse na situação em que me encontro com dois filhos adolescentes, totalmente alienados ao mundo, não se preparando para o futuro, não dando importância a nada a não ser "os amigos", Tv , Orkut e msn, acho que vc me daria razão, não sei se vc é pai, mas acho que vc gostaria de ver seus filhos bem resolvidos, eu não entendo a atitude dos meus filhos, pois minha família é unida, eu e meu marido nos damos super bem, vivemos num clima de amor, de diálogos, procuramos ter muita cultura dentro de casa, sempre demos duro para ter um padrão de vida melhor, e sempre conversamos com eles e cuidamos para que eles fossem supridos em tudo, emocionalmente, materialmente e espiritualmente, agora quando a pessoa quer fazer alguma coisa, ela faz e pronto, por isso eu escrevi aquilo para o Bob, ele deve saber o que faz da vida dele, eu estou numa situação tão difícil em relação a isso, que para livrar os meus filhos do vício e da estagnação eu gostaria mesmo de ver uma ação mais enérgica do governo aos traficantes, e aos usuários também,pois eles fazem com que outros usem drogas tb, dão para experimentar, e se o garoto ou garota se recusa a usar eles diminuem, isolam, ofendem, ficam tirando sarro e vc deve ter sido ou é adolescente e sabe como é terrível estar fora do contexto da turma. Você sabe o que é vc ver traficante na sua porta para cobrar o seu filho, e ele nas mentiras querendo levar você no papo e vc perceber toda a situação e ficar com medo de que aconteça alguma a coisa a vc e sua família? Vc sabe o que é vc ter que dispor de dinheiro para um bandido desse, para ele não fazer nada com seu filho? E "todos", mas "todos" usuários mesmo estão financiando esse terrorismo no país, veja no Rio de Janeiro se pode se viver em paz naquele lugar onde as palavras dos traficantes são leis, e se forem infringidas a sentença é a morte? Será que a facista sou eu? Ou será melhor ter uma vida dessa de terror só para curtir um barato?
Deculpe o desabafo, mas eu continuo pensando da mesma forma porque quero poder sair à noite e voltar prá casa, quero me divertir com minha famila sem medo de ser assaltada, sequestrada ou até mesmo assassinada.Quero poder abrir a janela da minha casa para o sol poder entrar, de conversar na calçada, ter uma vida de liberdade,sem medo dos "facistas das drogas".