segunda-feira, 18 de maio de 2009

Serra, Aécio e 3º mandato na Veja

Na coluna Radar (Lauro Jardim) desta semana:

Às mil maravilhas
Até segunda ordem, Aécio Neves e José Serra se acertaram. A distensão entre os dois é visível aos mais próximos. Dentro de duas semanas, a dupla vai ao Paraná participar de um encontro de tucanos. Em seguida, eles desembarcam no Ceará.

Terceiro mandato, não
Uma pesquisa indédita da consultoria Arko Advice com 167 deputados (de um total de 513) foi direto ao ponto: "Como o senhor votaria em uma propsota para permitir o terceiro mandato para Lula?". A esmagadora maioria de 79% cravou "não". O levantamento, feito na semana passada, ouviu 124 deputados governistas e 43 da oposição. Espera-se mesmo que o tema esteja sepultado.

Tempo cronometrado
O próximo programa de TV do PSDB que irá ao ar em julho, terá praticamente só dois políticos falando: José Serra e Aécio Neves. O tempo dos dois no vídeo será rigorosamente o mesmo.


Querem saber?
Acho que o acordo estava mesmo às vésperas e a petralhada (muitas vezes disfarçada de jornalismo), como percebeu o inevitável, resolveu precipitar as coisas, obrigando o PSDB a dar desmentidos públicos para dissipar mágoas aecistas.
Mas o artifício não vai dar certo, não. Porque, de fato, há muito aecista que vai ficar magoado. E quanto antes este acordo for assumido, mais tempo os magoados terão para lamberem suas feridas e ficarem prontos para ajudar Aécio a se eleger vice-presidente.

Um comentário:

Fernando disse...

Daniela,
Insisto: já está fechado, aposto com fonte confiável. Em política tudo passa "como a nuvem", mas hoje é isso aí.
E mais: cá pra nós, não há mais tempo útil, politicamente falando, para se aprovar uma PEC do terceiro mandato em dois turnos, tanto na Câmara quanto no Senado. Até outubro, prazo final? Só uma avalanche improbabilíssima. Com a correlação de forças no Senado, nem pensar. O chefete não iria para uma aventura desse risco. Dinheiro é o que eles não rasgam...
Abraços