sábado, 29 de março de 2008

Carteriada

Na CPI dos Cartões nesta quarta-feira, a senadora Ideli Salvati argumentou o seguinte para negar-se a convocar a ministra Dilma Rousseff a dar depoimento:

“Sou terminantemente contra a convocação da ministra Dilma Rousseff pelo que ela representa hoje e talvez pelo que ela poderá representar em 2010"

Porque Dilma é hoje ministra e porque poderá em 2010 ser candidata a presidente, ela não pode prestar depoimento. Veja bem como é o raciocínio: ela é importante demais para descer ao nível dos mortais escrutináveis pela opinião pública.

Isso é que é carteirada, heim?

Nenhum comentário: